top of page
Buscar
  • Foto do escritorPOUSO ALEGRE FUTEBOL CLUBE

POLÊMICA DESNECESSÁRIA

Encerrada a penúltima rodada do Brasileiro Série C, onde o Pouso Alegre FC perdeu para o Paysandu por 2 a 1, o jogo que já tinha como ingrediente o pênalti polêmico marcado no final da partida a favor do Papão, acabou ganhando mais um capítulo... Isso porque o treinador Hélio dos Anjos afirmou que o rubro-negro ganharia “mala branca” caso vencesse o time do Pará, algo que não foi bem aceito pelo elenco, conforme se manifestou o goleiro George:


“A gente se incomodou muito, porque primeiramente ele não deveria ter comentado nada já que a coletiva era sobre a equipe dele para falar do que eles fizeram ou não. Eu acho que foi uma forma de desviar o foco. Faltou respeito! Foi uma falta de respeito profissional com todos do lado de cá, se questionou a parte técnica e quem viu a competição sabe que o nosso time não é inferior a ninguém, infelizmente a gente foi rebaixado, tivemos resultados ruins, mas todos os jogos foram aberto, foram jogos duros e fizemos um grande jogo lá e acho que isso assustou um pouco do que eles imaginavam que iam encontrar. Isso foi uma falta de respeito enorme principalmente com o Pouso Alegre que é uma instituição centenária, eu acho que deveria ter mais respeito dessa parte e também com todos os atletas aqui, a gente não é movido a dinheiro, fazemos isso desde a nossa infância e é o nosso trabalho, o nosso amor e não é o dinheiro que vai definir se a gente faz bem ou não. Então a gente se entregou, fez uma boa partida como a gente vem fazendo. Foi muito infeliz e desrespeitoso na minha opinião, profissionalmente falando, porque esse foi um grande jogo, a gente sabe que teve influência de árbitro mais uma vez, mas não questionamos, não choramos e não inventamos nenhuma desculpa. Eles ganharam? Beleza, vida que segue! Mas isso que ele falou foi bem antiético.”

O clube divulgou uma nota oficial falando sobre o ocorrido, conforme aspas abaixo:


“Com relação às declarações feitas pelo senhor Hélio César Pinto dos Anjos, treinador do Paysandu, sobre possíveis incentivos no valor de R$ 200 mil de outra equipe dados aos jogadores do Pouso Alegre Futebol Clube na partida do último domingo, em Belém, a diretoria esclarece que desconhece e condena veementemente tal prática.
O clube foi pego de surpresa com as declarações e vai buscar informações a respeito das acusações feitas pelo treinador do time paraense. Acreditamos que nossos jogadores entram em campo para honrar a camisa do Pouso Alegre simplesmente pelo profissionalismo que eles têm demonstrado a cada dia.
A diretoria lamenta ainda a infeliz declaração do Sr. Hélio dos Anjos, cujo teor afirma que os atletas do Pouso Alegre não teriam responsabilidade e possuiriam nível técnico baixo, dando a entender que teriam feito uma excelente partida apenas por supostamente terem recebido incentivo financeiro.
A história do Pouso Alegre demonstra o contrário. Desde seu retorno às competições profissionais, a equipe acumula acessos seguidos de divisões, conquistas de títulos e participações em campeonatos de nível nacional. E tudo isso, com a apoio da sua sempre apaixonada torcida e empenho dos atletas, comissão e diretoria que aqui passaram.
Assim, mais uma vez, o Pouso Alegre Futebol Clube repudia referidas declarações, ratificando que não coaduna com qualquer prática que possa vir a macular o futebol, tampouco com manifestações que venham colocar em dúvida o trabalho realizado pelos nossos atletas.”

Para muitos, tal declaração foi uma espécie de “cortina de fumaça” para abafar o pênalti duvidoso marcado aos 41min do segundo tempo, do qual culminou na vitória da equipe do Paysandu. O time mandante precisava do resultado para se classificar, contudo enfrentou grande dificuldade perante o Pouso Alegre, que jogou de igual para igual mesmo rebaixado. Isso reforça a versão do goleiro George e mostra que o Dragão entra em campo pela honra, não pelo dinheiro. O Pouso Alegre FC só chegou onde chegou devido a isso somado ao amor da sua torcida, aos funcionários que lá trabalham e aos parceiros que acreditam na instituição.



Juan Franco, assessor de imprensa do PAFC



Arte: Roma Comunicação e Marketing

38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page