Buscar
  • POUSO ALEGRE FUTEBOL CLUBE

POUSÃO NA FINAL, UMA BREVE ANÁLISE

Depois de um Campeonato Mineiro difícil, onde o Pouso Alegre F.C. escapou do rebaixamento apenas na última rodada, o time sul-mineiro fez bonito e chegou à grande final do Campeonato Brasileiro da Série D após duas vitórias sobre o Amazonas por 1 a 0. Festa e muita entrega de uma equipe que parecia desacreditada na primeira metade do ano, mas que com a chegada do professor Paulo Roberto se fechou, conseguiu resultados importantes e foi empurrado por uma torcida mais que apaixonada. Resultado: clube finalista e fazendo história!


TIME ORGANIZADO E EQUILIBRADO


Não é novidade para ninguém que o Pousão tem um sistema defensivo muito sólido. Afinal de contas, foram apenas dez gols sofridos em 22 jogos disputados na competição. Edson tomou conta do gol, com muita frieza e personalidade, desde a contusão do ídolo do Dragão, Cairo. Victor Pereira e Thuram mesclam experiência e juventude, além de contarem com os laterais presentes nas principais conquistas do time, Nando e Foguinho, donos das suas posições.


Devemos falar também do meio de campo que vem brilhando: Gledson, Neto Paraíba e Roldan. O tripé que forma a meiuca rubro-negra dá ao time segurança defensiva e qualidade ofensiva. Prova disso foi que nos jogos eliminatórios, Gledson fez dois gols (um diante do Operário pela segunda fase e outro contra o Paraná pelas oitavas) e Neto Paraíba fez três (gols que garantiram a classificação para as semifinais e para e final, diante do ASA e do Amazonas, respectivamente). Roldan pode até não ter marcado no mata-mata, mas durante a competição o camisa 8 ultrapassou os 50 jogos com a camisa do Pousão, tornando-se o terceiro com mais jogos desde o retorno do clube aos gramados, no ano de 2018. Um feito em tanto!


Já o ataque conta com os seus destaques, sendo eles Iago, Ingro e Marcos Nunes. O primeiro veste a camisa 10 e faz valer a mística do número, porque quando marca é golaço na certa, tanto que diante do ASA anotou dois gols de placa em pleno Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca! Ingro é sempre voluntarioso, voltando ao meio de campo e ajudando na construção do time com muita disposição, assistências e raça. Marcos Nunes é o motorzinho da equipe, sempre indo até a lateral marcar quando preciso, apoiando também o seu setor sem ao menos se cansar.


GRANDE FINAL TEM DIA E HORÁRIO


O Pouso Alegre se classificou para as finais e o adversário será o América-RN, que eliminou o São Bernardo vencendo as suas duas partidas (2 a 0 na ida e 1 a 0 na volta). Pelo Dragão ter feito melhor campanha (46 pontos contra 43 do América na classificação geral), o time do sul de Minas jogará a segunda partida em casa diante da sua torcida. O jogo de ida acontecerá dia 18 de setembro, às 16h, na Arena das Dunas, em Natal. Já a partida de volta que definirá o campeão acontecerá no Estádio Manduzão, dia 25, também às 16h. São esperadas mais de 15 mil pessoas para a grande decisão em Minas.



Juan Franco, assessoria de imprensa do PAFC









Fotos: Jadison Sampaio / AMFC

79 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo