top of page
Buscar
  • Foto do escritorPOUSO ALEGRE FUTEBOL CLUBE

CALDIRON, NOVO PREPARADOR, FALA SOBRE ESTILO DE TRABALHO

Com a sua comissão técnica toda fechada, o Pouso Alegre FC segue firme na preparação para o Campeonato Brasileiro da Série D e, no último sábado, enfrentou o Boa Esporte em jogo-treino e empatou a partida em 1 a 1 (gol de Josiel para o Pousão). Cícero Júnior (Cicinho) e Ricardo Campos Senna (Cacá), técnico e auxiliar técnico respectivamente, formam a linha de frente dessa nova comissão, que também conta com outro nome muito importe: Luiz Carlos Caldiron.

 

Caldiron é um preparador físico com mais de três décadas de experiência e que acumula passagens por clubes expressivos como Atlético, Volta Redonda, América, Patrocinense, Audax Rio, entre outros, tendo inclusive uma passagem marcante pela Caldense, do qual esteve por dez anos e trabalhou junto com o atual gerente de futebol do Pousão, Alex Joaquim. O preparador falou sobre o convite que recebeu e também sobre os objetivos na competição:

 

“É um prazer enorme ter recebido esse convite do Alex e da diretoria do Pouso Alegre. Quero falar da minha satisfação de estar aqui e da responsabilidade de estar em um clube de tanta tradição que disputará a Série D, um campeonato difícil em uma chave bem competitiva. Nós estamos com muita vontade de fazer um excelente campeonato principalmente pela torcida que esse clube possui. Junto com a comissão técnica quero ser mais um contribuinte para que a gente possa fazer um grande trabalho. Na primeira fase buscaremos a classificação entre os quatro e depois a cada jogo do mata-mata, se Deus quiser, buscar nosso acesso para Série C.”

 

Luiz Carlos Caldiron foi o primeiro membro da nova comissão técnica a ser confirmado pelo clube e pôde apresentar aos jogadores do elenco um pouco do seu estilo de trabalho desde o primeiro dia da reapresentação. Para Caldiron, os jogadores do Pouso Alegre precisam ser fortes e ágeis para assim terem condições físicas de buscarem as vitórias até o final dos jogos.

 

“O meu trabalho baseia-se em cima das principais características que o futebol de hoje exige, que é força e velocidade. Essas são as virtudes que eu exijo muito dos meus atletas nos meus treinamentos, porque é isso que fará a gente ganhar os jogos, um time intenso, um time bem preparado fisicamente. Quando eu falo time forte, não quer dizer aquele jogador musculoso, mas aquele jogador que no final dos 90min ainda tem potência e intensidade para a gente sempre estar buscando aquele objetivo, que é sempre somar os três pontos”, finaliza Caldiron.

 

 

Juan Franco, assessor de imprensa do PAFC




Fotos: Assessoria de Imprensa PAFC



43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page